Crítica Small Axe: racismo britânico

Diretor das obras-primas Hunger, Shame e 12 Years a Slave, Steve McQueen há tempos mostra ser um dos grandes nomes de sua geração. Vencedor nos festivais de Veneza, Cannes e Toronto, com prêmios do Oscar e Bafta, não por menos despertou meu interesse imediato ao comandar o projeto Small Axe, antologia dividida em cinco filmes….

Crítica Girls5eva S1: comédia empoeirada

Girls5eva, título da série e do grupo musical fictício sobre o qual a história é centrada, é uma comédia que tem em sua primeira temporada oito episódios de meia hora. No enredo, Dawn Solano (Sara Bareilles), Summer (Busy Philipps), Gloria (Paula Pell) e Wickie (Renée Elise Goldsberry) se reúnem cerca de duas décadas após o…

Crítica The Mandalorian S2: previsível

Primeira incursão do universo Star Wars no serviço de streaming Disney+, The Mandalorian, série criada por Jon Favreau, acompanha as aventuras de Din Djarin (Pedro Pascal) e Grogu – também conhecido como Baby Yoda –, criança conectada à Força e perseguida por Moff Gideon (Giancarlo Esposito). A produção foi um sucesso desde o seu lançamento….

Crítica Them S1: terror, racismo e violência

Após um crime brutal, a família Emory, com integrantes negros, deixa a Carolina do Norte para trás e muda-se para um bloco com apenas pessoas brancas em Compton, na Califórnia. Estamos na década de 1950, durante a chamada Segunda grande migração, quando mais de cinco milhões de afro-americanos abandonaram o sul de Jim Crow em…

Crítica Emily in Paris S1: boba, mas apreciável

Emily (Lily Collins) é uma norte-americana de Chicago que vai a Paris acompanhar os trabalhos de uma empresa francesa incorporada por aquela que ela representa. A sua perspectiva de marketing colide com a de seus novos colegas, que não recebem bem a estrangeira que nem ao menos sabe falar a língua do país para o…

Crítica Os últimos dias de Gilda: terror neopentecostal

Gilda é uma mulher que transa com quem bem quiser na hora que sentir vontade. Dona do seu corpo e da sua vida. Preza pela sua independência e trata com carinho os familiares, amigos e companheiros. Em uma sociedade sadia, a protagonista de Os últimos dias de Gilda, série original do Canal Brasil criada e…

Crítica Chilling Adventures of Sabrina S4: duplamente frustrante

Se ter uma Sabrina (Kiernan Shipka) é bom, duas é melhor, certo? Errado. Em sua quarta e última temporada na Netflix, a série Chilling Adventures of Sabrina mostrou-se uma verdadeira decepção. Após um primeiro ano promissor e segundo de tirar o fôlego, tivemos boa queda no terceiro e, agora, atingimos o fundo do poço. Pouco…

Crítica Bridgerton S1: linda e dispensável

De Ariana Grande a Billie Eilish, hits modernos transformados com toques clássicos. A trilha musical de Bridgerton, série de época criada por Chris Van Dusen a partir dos romances de Julia Quinn, melhor exemplifica o tom da produção. A era georgiana é trazida à tela em sua melhor forma, com uma direção de arte impecável,…

Crítica The Great S1: humor e golpe

Catherine, a Grande, era alemã. Quando chegou em São Petersburgo, todavia, já era russa em seu coração – tanto que se converteu à religião ortodoxa e deixou para trás o nome de batismo, Sophie of Anhalt-Zerbst. Casou-se ainda adolescente com o príncipe Peter III, em 1745. A tumultuosa relação deu frutos, entre eles Paul I,…

Especial: Troféu Temp 2020

Pandemia, isolamento, apreensão. Tivemos em 2020 um verdadeiro teste para a nossa saúde mental – como se os anos anteriores já não tivessem sido ruins o suficiente. Em cenário de tanto caos, a cultura mostrou-se mais importante do que nunca. Coube a ela apaziguar corações e manter aceso o espírito de luta. Após Years and…

Crítica Normal People: a crueza do amor

A premissa não me chamou atenção, tampouco gostei do título. Tais fatores afastaram-me durante bom tempo de Normal People, minissérie baseada no livro homônimo escrito por Sally Rooney. O sucesso da obra televisiva, todavia, fez com que eu acabasse rendendo-me ao romance entre Marianne Sheridan (Daisy Edgar-Jones) e Connell Waldron (Paul Mescal), personagens que se…

Crítica Ted Lasso S1: amável vitória

Um esporte é chamado de futebol americano e outro, simplesmente futebol.  Ted Lasso (Jason Sudeikis), treinador de um clube do primeiro referido, nos Estados Unidos, é convidado por Rebecca Welton (Hannah Waddingham) para coordenar os jogadores do AFC Richmond, time que disputa a Premier League, na Inglaterra. O enredo, muito simples em sua forma e…