Especial: Dark, a vinda de Jesus e a morte de Deus

A série alemã Dark, de Baran bo Odar e Jantje Friese, conseguiu fisgar o público com sua trama complexa e intrigante. A atração chegou, por exemplo, a alcançar o topo dos shows televisivos mais populares no IMDB. A ciência está fortemente presente no enredo, que traz diferentes linhas temporais e personagens viajando entre elas por…

Crítica 3% S3: a consolidação

A série 3% nasceu com certa expectativa: era a primeira produção original da Netflix desenvolvida no Brasil. Apesar de alguns pontos a serem melhorados, fez sucesso com o público e garantiu renovação. Além disso, abriu as portas para outras atrações daqui, como a recente Coisa Mais Linda. Chegou o segundo ano e tivemos uma visível…

Crítica Black Mirror S5: uma leva que não entusiasma

Costumamos dizer que menos é mais. Ou seja, no mundo das séries reduz-se o número de episódios para, consequentemente, aumentar a qualidade do material. Uma premissa válida em muitos casos. Todavia, falha em outros. Um exemplo recente é Game of Thrones, que tentou condensar uma trama muito complexa em lamentáveis seis capítulos e não teve…

Crítica Dark S2: a luta contra o deus do tempo

A dor é o seu navio. O desejo é a sua bússola. E só disso que o homem é capaz. Passagens como essa dizem muito não apenas sobre os personagens que as falam, mas também sobre a atração onde estão inseridos: Dark, série alemã da Netflix criada por Baran bo Odar e Jantje Friese. A…

Crítica Fleabag S2: a raposa e o celibato

Muito tempo passou entre a primeira e a segunda temporada de Fleabag. Tanto que de lá para cá Phoebe Waller-Bridge, artista brilhante que criou e estrela a produção, foi reconhecida como um dos grandes nomes da indústria cultural na atualidade. Ela não apenas deu vida a Killing Eve, outro grande sucesso, como também, por exemplo,…

Crítica Chernobyl: arrogância e mentiras

Um desastre nuclear de proporções imensas. Milhões de vidas em perigo e, enquanto isso, uma teia de mentiras acobertando o que de fato ocorreu e ainda poderia ocorrer. Uma corrida contra o tempo para a catástrofe não ser ainda maior. Muitas pessoas expostas ao perigo por causa de uma mistura de arrogância, ignorância e descaso….

Crítica Game of Thrones S8: uma bela porcaria

Um fim desapontador para a série que tinha tudo para ser eternizada como uma das melhores da televisão norte-americana. Essa simples frase melhor traduz o sentimento de frustração decorrente da exibição da oitava temporada de Game of Thrones, criação de David Benioff e D.B. Weiss para a HBO. Após um começo onde a trama foi…

Crítica Veep S7: opressores expostos ao ridículo

Uma metralhadora de impropérios. Diálogos acelerados desabando toneladas de merda sobre nossas cabeças. Cenas caóticas que avançam uma campanha aos trancos e barrancos. Situações constrangedoras tão bizarras quanto a realidade. Veep chega com vigor em sua sétima temporada para encerrar um ciclo extremamente vitorioso. O principal trunfo da comédia da HBO foi, durante sua jornada,…

Crítica Special S1: apenas uma introdução

Uma das marcas da Netflix é seu investimento na diversidade. A empresa mira em diferentes nichos e desenvolve produções que provavelmente terão um público reduzido, mas conseguirão, caso eficazes, agradar um determinado número de assinantes e conquistar uma base sólida de fãs. Um bom exemplo é Special, comédia dramática criada e protagonizada por Ryan O’Connell….

Crítica Chilling Adventures of Sabrina S2: novos poderes

E se você descobrisse que seu pai biológico é, em verdade, Lúcifer? De anjo caído a comandante do inferno, o Diabo não é exatamente o melhor exemplo de figura paterna. Não que estejamos duvidando de sua capacidade – espero, de todo coração, que ele não apareça para tentar me dissuadir do contrário –, mas falta…

Crítica Santa Clarita Diet S3: hora da refeição

Que tal comer um nazista alto, forte e com um pescoço mais do que convidativo para ser mordido? Levando em conta a dieta de um ser humano normal, certamente daria indigestão. Entretanto, para Sheila Hammond (Drew Barrymore) é uma boa forma de fazer o bem e manter-se alimentada. A protagonista de Santa Clarita Diet, comédia…

Crítica Coisa Mais Linda S1: beleza, força e artificialidade

Ao se mudar para o Rio de Janeiro, Malu (Maria Casadevall) descobre que foi roubada e abandonada pelo marido, que sumiu. Sem saber exatamente como reagir, ela tem a ideia de abrir um clube de música dedicado à bossa nova. Para isso, conta com a ajuda da recém conhecida Adélia (Pathy Dejesus), mulher negra que…