Crítica Hacks S1: o triunfo de Jean Smart

De um lado temos Deborah Vance (Jean Smart), comediante famosa prestes a completar 2,5 mil shows em sua residência em Las Vegas. Do outro, Ava (Hannah Einbinder), escritora de 25 anos que acabou de ser “cancelada” por causa de um tweet. A necessidade une as duas protagonistas de Hacks, comédia da HBO Max criada por…

Crítica The Flight Attendant S1: o protagonismo de Kaley

A comissária de bordo Cassie Bowden (Kaley Cuoco) é uma mulher independente que sofre com alcoolismo. Seu comportamento errático faz com que determinado dia acorde ao lado do cadáver de Alex Sokolov (Michiel Huisman) em um hotel em Bangkok. De ressaca e sem lembranças da noite passada, faz a mínima ideia do que aconteceu com…

Crítica Girls5eva S1: comédia empoeirada

Girls5eva, título da série e do grupo musical fictício sobre o qual a história é centrada, é uma comédia que tem em sua primeira temporada oito episódios de meia hora. No enredo, Dawn Solano (Sara Bareilles), Summer (Busy Philipps), Gloria (Paula Pell) e Wickie (Renée Elise Goldsberry) se reúnem cerca de duas décadas após o…

Crítica The Mandalorian S2: previsível

Primeira incursão do universo Star Wars no serviço de streaming Disney+, The Mandalorian, série criada por Jon Favreau, acompanha as aventuras de Din Djarin (Pedro Pascal) e Grogu – também conhecido como Baby Yoda –, criança conectada à Força e perseguida por Moff Gideon (Giancarlo Esposito). A produção foi um sucesso desde o seu lançamento….

Crítica Emily in Paris S1: boba, mas apreciável

Emily (Lily Collins) é uma norte-americana de Chicago que vai a Paris acompanhar os trabalhos de uma empresa francesa incorporada por aquela que ela representa. A sua perspectiva de marketing colide com a de seus novos colegas, que não recebem bem a estrangeira que nem ao menos sabe falar a língua do país para o…

Crítica Chilling Adventures of Sabrina S4: duplamente frustrante

Se ter uma Sabrina (Kiernan Shipka) é bom, duas é melhor, certo? Errado. Em sua quarta e última temporada na Netflix, a série Chilling Adventures of Sabrina mostrou-se uma verdadeira decepção. Após um primeiro ano promissor e segundo de tirar o fôlego, tivemos boa queda no terceiro e, agora, atingimos o fundo do poço. Pouco…

Crítica Bridgerton S1: linda e dispensável

De Ariana Grande a Billie Eilish, hits modernos transformados com toques clássicos. A trilha musical de Bridgerton, série de época criada por Chris Van Dusen a partir dos romances de Julia Quinn, melhor exemplifica o tom da produção. A era georgiana é trazida à tela em sua melhor forma, com uma direção de arte impecável,…

Crítica The Great S1: humor e golpe

Catherine, a Grande, era alemã. Quando chegou em São Petersburgo, todavia, já era russa em seu coração – tanto que se converteu à religião ortodoxa e deixou para trás o nome de batismo, Sophie of Anhalt-Zerbst. Casou-se ainda adolescente com o príncipe Peter III, em 1745. A tumultuosa relação deu frutos, entre eles Paul I,…

Especial: Troféu Temp 2020

Pandemia, isolamento, apreensão. Tivemos em 2020 um verdadeiro teste para a nossa saúde mental – como se os anos anteriores já não tivessem sido ruins o suficiente. Em cenário de tanto caos, a cultura mostrou-se mais importante do que nunca. Coube a ela apaziguar corações e manter aceso o espírito de luta. Após Years and…

Crítica Ted Lasso S1: amável vitória

Um esporte é chamado de futebol americano e outro, simplesmente futebol.  Ted Lasso (Jason Sudeikis), treinador de um clube do primeiro referido, nos Estados Unidos, é convidado por Rebecca Welton (Hannah Waddingham) para coordenar os jogadores do AFC Richmond, time que disputa a Premier League, na Inglaterra. O enredo, muito simples em sua forma e…

Crítica I May Destroy You S1: o vazio e o livro

Com bloqueio criativo e prazo prestes a acabar para entregar algum material para seus agentes, a escritora Arabella decide ir a uma festa com seus amigos e espairecer momentaneamente. No local, sem perceber, uma droga é posta em sua bebida. O responsável, que ela não conhece, leva-a alterada para o banheiro e a estupra. O…

Crítica Lovecraft Country S1: entre a seriedade e a infantilidade

Howard Phillips Lovecraft (1890-1937) foi um escritor de horror e literatura fantástica que criou os mitos de Cthulhu, um panteão de monstros sobrenaturais que influenciou gerações e teve a colaboração de escritores do gênero. Sua escrita cheia de inimigos, apesar de ter um pé na imaginação, deixava o outro enterrado profundamente em sentimentos bem humanos….