Crítica Sex Education S3: divertida e necessária

Meninas em uma sala, meninos em outra. Conversas sobre gravidez na adolescência e abstinência sexual. No vídeo mofado, um discurso arcaico com pitadas de homofobia. Como a escola do sexo virou-se para o passado dessa forma? Em sua terceira temporada, Sex Education, série da Netflix criada por Laurie Nunn, continua divertida e necessária como nos…

Crítica Squid Game S1: mais um sucesso da cultura sul-coreana

Quem lembra do fenômeno chamado Gangnam Style? Primeiro vídeo a atingir a impressionante marca de um bilhão de visualizações no Youtube, a música do rapper sul-coreano Psy foi um presságio do que estava por vir. O k-pop não demorou a tomar conta da música, com exemplos como BTS e Blackpink. Não só isso, o país…

Crítica Never Have I Ever S2: cruel

Uma das novas queridinhas da Netflix, a série Never Have I Ever voltou para sua segunda temporada após um bom primeiro ano. Criada por Lang Fisher e Mindy Kaling, a produção acompanha os dramas de Devi (Maitreyi Ramakrishnan), adolescente indiana que vive nos EUA e se recupera da dor da perda do pai. A atração…

Crítica Young Royals S1: drama gay imperdível

Na tentativa de tornar a vida do príncipe Wilhelm (Edvin Ryding) mais regrada, a família real sueca o envia para terminar os estudos em um prestigioso internato no interior do país. O adolescente vê sua vida virar de cabeça para baixo ao se apaixonar por Simon (Omar Rudberg), aluno não interno com bolsa de estudos,…

Crítica Emily in Paris S1: boba, mas apreciável

Emily (Lily Collins) é uma norte-americana de Chicago que vai a Paris acompanhar os trabalhos de uma empresa francesa incorporada por aquela que ela representa. A sua perspectiva de marketing colide com a de seus novos colegas, que não recebem bem a estrangeira que nem ao menos sabe falar a língua do país para o…

Crítica Chilling Adventures of Sabrina S4: duplamente frustrante

Se ter uma Sabrina (Kiernan Shipka) é bom, duas é melhor, certo? Errado. Em sua quarta e última temporada na Netflix, a série Chilling Adventures of Sabrina mostrou-se uma verdadeira decepção. Após um primeiro ano promissor e segundo de tirar o fôlego, tivemos boa queda no terceiro e, agora, atingimos o fundo do poço. Pouco…

Crítica Bridgerton S1: linda e dispensável

De Ariana Grande a Billie Eilish, hits modernos transformados com toques clássicos. A trilha musical de Bridgerton, série de época criada por Chris Van Dusen a partir dos romances de Julia Quinn, melhor exemplifica o tom da produção. A era georgiana é trazida à tela em sua melhor forma, com uma direção de arte impecável,…

Crítica Grand Army S1: será que sou um bom ser humano?

Adolescentes com diferentes origens, vivências, personalidades, dificuldades. Um universo de ternura e sofrimento representado em Grand Army, nome do novo drama da Netflix e da escola onde se passa boa parte da trama. Criada por Katie Cappiello, a série acompanha Joey Del Marco (Odessa A’zion), jovem feminista com traços de líder; Dominique Pierre (Odley Jean),…

Crítica The Crown S4: rigor

A rainha voltou. Se em tempos mais costumeiros já chamava atenção pelo seu esplendor, durante a pandemia reina insuperável com o rigor estético de sempre e dramas que falam mais alto para um público que bem guarda em sua memória as duas grandes adições da vez. The Crown, uma série da Netflix criada por Peter…

Crítica The Queen’s Gambit: um poderoso xeque-mate

Para quem já jogou xadrez, inclusive participando de algumas competições locais, fica a impressão de que estamos falando de um esporte ótimo, que desafia a mente de maneira viciante, mas que pode parecer monótono para quem apenas acompanha. Logo, produzir qualquer atração focada na ascensão de uma enxadrista soa um movimento ariscado. Todavia, The Queen’s…

Crítica Dark S3: enfim o paraíso?

Um nó temporal, outro em nossas mentes. O drama alemão Dark, criado por Baran bo Odar e Jantje Friese, nos apresentou uma jornada de tirar o fôlego e confundir os mais distraídos. Chegou ao fim com sua intrincada terceira temporada, de densos oito episódios. As peças foram movidas constantemente no tabuleiro e enfim pudemos entender…