Crítica Mare of Easttown: excelente drama investigativo

Há alguns anos, a HBO escreveu uma página no capítulo dos dramas investigativos com True Detective, de Nic Pizzolatto. A primorosa produção estrelada por Matthew McConaughey e Woody Harrelson e dirigida por Cary Joji Fukunaga foi festejada pela crítica e pelo público. O sucesso foi tamanho que o trabalho ganhou continuação – para a nossa…

Crítica The Underground Railroad: a verdadeira face da América

Os Estados Unidos são um país problemático. Seu presente é condenável e o passado, vergonhoso. Ocorre que de tanto mentirem ser a terra da liberdade, seu povo acreditou – ou ao menos fingiu acreditar – e há tempos exige que tal mensagem seja verdade. Estamos muito distantes da propaganda virar realidade. Os costumeiros casos de…

Crítica Small Axe: racismo britânico

Diretor das obras-primas Hunger, Shame e 12 Years a Slave, Steve McQueen há tempos mostra ser um dos grandes nomes de sua geração. Vencedor nos festivais de Veneza, Cannes e Toronto, com prêmios do Oscar e Bafta, não por menos despertou meu interesse imediato ao comandar o projeto Small Axe, antologia dividida em cinco filmes….

Crítica Them S1: terror, racismo e violência

Após um crime brutal, a família Emory, com integrantes negros, deixa a Carolina do Norte para trás e muda-se para um bloco com apenas pessoas brancas em Compton, na Califórnia. Estamos na década de 1950, durante a chamada Segunda grande migração, quando mais de cinco milhões de afro-americanos abandonaram o sul de Jim Crow em…

Crítica Os últimos dias de Gilda: terror neopentecostal

Gilda é uma mulher que transa com quem bem quiser na hora que sentir vontade. Dona do seu corpo e da sua vida. Preza pela sua independência e trata com carinho os familiares, amigos e companheiros. Em uma sociedade sadia, a protagonista de Os últimos dias de Gilda, série original do Canal Brasil criada e…

Especial: Troféu Temp 2020

Pandemia, isolamento, apreensão. Tivemos em 2020 um verdadeiro teste para a nossa saúde mental – como se os anos anteriores já não tivessem sido ruins o suficiente. Em cenário de tanto caos, a cultura mostrou-se mais importante do que nunca. Coube a ela apaziguar corações e manter aceso o espírito de luta. Após Years and…

Crítica Normal People: a crueza do amor

A premissa não me chamou atenção, tampouco gostei do título. Tais fatores afastaram-me durante bom tempo de Normal People, minissérie baseada no livro homônimo escrito por Sally Rooney. O sucesso da obra televisiva, todavia, fez com que eu acabasse rendendo-me ao romance entre Marianne Sheridan (Daisy Edgar-Jones) e Connell Waldron (Paul Mescal), personagens que se…

Crítica The Queen’s Gambit: um poderoso xeque-mate

Para quem já jogou xadrez, inclusive participando de algumas competições locais, fica a impressão de que estamos falando de um esporte ótimo, que desafia a mente de maneira viciante, mas que pode parecer monótono para quem apenas acompanha. Logo, produzir qualquer atração focada na ascensão de uma enxadrista soa um movimento ariscado. Todavia, The Queen’s…

Crítica Mrs. America: submissão

De um lado, o casal progressista que há pouco estava brigando no camarim. Do outro, marido e mulher conservadores em uma relação aparentemente inabalável. Frente a frente, debatem ao vivo, na televisão, a necessidade de passar ou não a Emenda dos Direitos Iguais (Era, sigla em inglês para Equal Rights Amendment). Este momento, um dos…

Crítica The Sinner S3: apática e nada crível

Minissérie criada para ter uma única temporada, The Sinner fez tanto sucesso que ganhou continuação. A produção desenvolvida por Derek Simonds trouxe de volta Harry Ambrose (Bill Pullman), detetive encarregado da missão de solucionar diferentes crimes. Em sua terceira temporada, a história gira ao redor de Jamie (Matt Bomer), professor que está prestes a ser…

Crítica Little Fires Everywhere: didática e decepcionante

Little Fires Everywhere, minissérie criada por Liz Tigelaar a partir de livro homônimo de Celeste Ng, tem os elementos necessários para um bom drama televisivo. Conflitos familiares, tensões raciais, descoberta da própria sexualidade, discussões sobre maternidade e diferentes mistérios a serem revelados ao decorrer dos oito episódios. Parece, dada a premissa e acrescentada a presença…

Crítica Hollywood: da realidade ao sonho

Ryan Murphy tem sido muito eficaz em dramatizar histórias reais na televisão. Dois bons exemplos são Feud e American Crime Story. Enquanto a primeira minissérie trouxe o confronto épico entre Bette Davis e Joan Crawford, a segunda nos apresentou os casos policiais envolvendo O.J. Simpson e Gianni Versace. Ao lado de Ian Brennan, desta vez…