Crítica House of the Dragon S1: é bom voltar para Westeros

Game of Thrones foi um fenômeno cultural inegável. Ainda que sua qualidade narrativa tenha começado a decair após a quarta temporada, a audiência foi crescente até o oitavo e derradeiro ano. Todo mundo queria saber quem sentaria por último no Trono de Ferro. Não é nenhuma surpresa que tal apelo com o público tenha motivado…

Crítica Westworld S4: excelente

Pandemia, crises econômica e política, ameaças fascistas, caos. O Brasil recente tem testado a nossa sanidade. Vivemos tanta coisa nesses dois últimos anos que o tempo entre a terceira e a quarta temporada de Westworld parece muito maior do que é. Demorei para começar a mais recente leva de episódios por ter esquecido boa parte…

Crítica Barry S3: sem propósito

Um matador de aluguel pode mudar de vida? Na série Barry, da HBO, o personagem-título até tenta, mas tem cada vez mais dificuldade de deixar seus assassinatos no passado. Criada por Alec Berg e Bill Hader, este último também protagonista, a produção já nos ofereceu momentos brilhantes nessa jornada agridoce. Durante duas temporadas, conseguiu nos…

Crítica The Gilded Age S1: privilegiados que aborrecem

A produção inglesa Downton Abbey é um sucesso inegável. Com seis temporadas da série e dois filmes, um deles recém entrando em cartaz, o trabalho trouxe mais prestígio para o já vencedor do Oscar Julian Fellowes. Com esse histórico, nada mais natural que transportar a mesma fórmula para o Novo Mundo. Assim nasce The Gilded…

Crítica Euphoria S2: estilo único

Euphoria, uma criação de Sam Levinson baseada em produção israelense homônima, estreou em 2019. Tinha como chamariz o selo HBO de qualidade, um punhado de cenas ousadas e a estrela Zendaya, que encarna a protagonista Rue. Uma pandemia e a expansão da HBO Max depois, com direito a dois episódios especiais intimistas e troféus do…

Crítica The White Lotus S1: paraíso escaldante

Um resort de luxo no Havaí. Cenário paradisíaco e acomodações confortáveis. Na bagagem, faíscas de dramas prestes a pegarem fogo e muito privilégio branco. The White Lotus, minissérie criada, escrita e dirigida por Mike White, traz humor, tensão e loucura para hóspedes e trabalhadores do estabelecimento mais requisitado da HBO neste verão norte-americano. Com segunda…

Crítica Mare of Easttown: excelente drama investigativo

Há alguns anos, a HBO escreveu uma página no capítulo dos dramas investigativos com True Detective, de Nic Pizzolatto. A primorosa produção estrelada por Matthew McConaughey e Woody Harrelson e dirigida por Cary Joji Fukunaga foi festejada pela crítica e pelo público. O sucesso foi tamanho que o trabalho ganhou continuação – para a nossa…

Crítica I May Destroy You S1: o vazio e o livro

Com bloqueio criativo e prazo prestes a acabar para entregar algum material para seus agentes, a escritora Arabella decide ir a uma festa com seus amigos e espairecer momentaneamente. No local, sem perceber, uma droga é posta em sua bebida. O responsável, que ela não conhece, leva-a alterada para o banheiro e a estupra. O…

Crítica Lovecraft Country S1: entre a seriedade e a infantilidade

Howard Phillips Lovecraft (1890-1937) foi um escritor de horror e literatura fantástica que criou os mitos de Cthulhu, um panteão de monstros sobrenaturais que influenciou gerações e teve a colaboração de escritores do gênero. Sua escrita cheia de inimigos, apesar de ter um pé na imaginação, deixava o outro enterrado profundamente em sentimentos bem humanos….

Crítica Westworld S3: indecifrável

Lisa Joy e Jonathan Nolan tinham uma responsabilidade muito grande quando criaram Westworld. A então nova atração da HBO nascia na sombra de Game of Thrones e cabia a ela ser o novo sucesso da emissora. O primeiro ano mostrou-se realmente promissor. O enredo foi costurado com calma e The Bicameral Mind merece aplausos. A…

Crítica Watchmen: o terror supremacista

O filme Watchmen, de Zack Snyder, lançado em 2009, é um tanto difícil de acompanhar – ainda mais para quem assistiu à versão de três horas e meia. Baseado na HQ homônima de Alan Moore e Dave Gibbons, o trabalho traz uma história cheia de idas e vindas, mas principalmente centrada em 1985, em plena…

Crítica Barry S2: desnecessária e ótima

Quando eu penso em comédias que gostaria muito de assistir, Barry não é uma escolha óbvia. Um homem cis, branco e heterossexual assassino que quer largar a profissão de matador de aluguel e virar ator não soa indispensável. De fato, ela pode até não ser. Todavia, a comédia criada por Alec Berg e Bill Hader…