Crítica Sharp Objects: cicatrizes que carregamos

Camille Preaker (Amy Adams) é uma repórter que abusa do álcool para remediar as dores que carrega consigo há anos. A morte da sua irmã, ainda na infância, e a relação complicada com a mãe foram alguns dos fatores que a levaram a cometer atos contínuos de autoflagelo, inclusive fazendo com que ela fosse internada…

Crítica Maniac: conexões e enfrentamento

O que é real? Essa pergunta martela o tempo todo na cabeça de Owen Milgrim (Jonah Hill), jovem com esquizofrenia que é deixado de lado por sua família rica por causa da doença. Sozinho e desempregado, ele acaba aceitando participar como cobaia de um tratamento farmacêutico radical que promete reparar os problemas da mente. Como…

Especial: quem merece vencer no Emmy 2018

A 70ª edição do Emmy está chegando e é hora do Temporada falar sobre quem merece vencer, quem não merece e nomes que deveriam ter sido indicados. Neste ano, as produções de maior destaque são Game of Thrones, com 22 indicações, Westworld, 21, The Assassination Of Gianni Versace: American Crime Story, 18, e Atlanta, 16….

Crítica Patrick Melrose: sociedade doentia

Um pai que abusava verbal e sexualmente de seu filho. Uma mãe que fechava os olhos para o que estava ocorrendo e buscava refúgio no álcool para anestesiar a própria dor. Patrick, personagem interpretado por Benedict Cumberbatch, teve uma infância que o marcou fortemente para o resto da vida. Os anos de dor impactaram toda…

Crítica The Americans S6: o fim de uma identidade

Por mais que seja caracterizada por não haver um confronto direto entre os Estados Unidos e a União Soviética, a Guerra Fria afetou um sem número de vidas. A corrida armamentista das duas superpotências pela construção de arsenais nucleares gerou instabilidade política no mundo, que acompanhava movimentos que poderiam resultar em novos desastres. Nesse contexto…

Crítica The Tale: abuso e negação

Um dos destaques do Festival de Sundance, o telefilme The Tale, escrito e dirigido por Jennifer Fox, conta a história real de abuso infantil baseada na própria vida da realizadora. Adquirida pela HBO, a produção entrelaça momentos de quando Fox tinha apenas treze anos e foi levada a relacionar-se com um homem de quarenta, com…

Crítica Killing Eve S1: a arte de matar

Villanelle (Jodie Comer) é impiedosa. Psicopata, realiza os assassinatos a ela encomendados sem remorso algum. Por mais que domine a arte de matar magistralmente, passa a deixar rastros intencionais, que são seguidos por Eve Polastri (Sandra Oh), uma oficial do serviço secreto britânico MI5. Elas começam a desenvolver uma obsessão uma pela outra – e…

Crítica Orange Is the New Black S6: vidas à deriva

Guardas que espancam, colegas de cela que tentam te matar, gangues que incitam o ódio, drogas como escapatória, regras mais rígidas. Não está nada fácil a vida das protagonistas de Orange Is the New Black, série criada por Jenji Kohan com base no livro de memórias de Piper Kerman. Em sua sexta temporada, a produção…

Crítica Luke Cage S2: sofrível

À época do seu lançamento, a primeira temporada de Luke Cage, série criada por Cheo Hodari Coker, chegou para consolidar a parceria da Netflix e da Marvel, que já tinham disponibilizado Daredevil e Jessica Jones, ambos produtos de grande sucesso. Essa que seria mais uma investida em uma trajetória de acertos, mostrou-se a última dos…

Crítica The Handmaid’s Tale S2: cumplicidade feminina

Após uma primeira temporada espetacular, com aclamação da crítica e do público, The Handmaid’s Tale, série criada por Bruce Miller com base no livro homônimo da escritora canadense Margaret Atwood, está de volta para dar continuidade à missão de June Osborne (Elisabeth Moss), que busca fugir de um regime fundamentalista instalado, em um ano não…

Crítica Westworld S2: realidades desumanas

Um enorme parque de diversão com robôs humanoides que estão ali para satisfazer os visitantes. Uma imensa área dividida em diferentes setores com máquinas que sentem, têm consciência própria e copiam informações de todos que por ali passam. Elas são o próximo passo da evolução e tentam entender os simples códigos que nós, os passageiros,…

Crítica This Is Us S2: perdas e lágrimas

Após conquistar crítica e público em seu primeiro ano, This Is Us, série de Dan Fogelman, volta para uma segunda temporada ainda mais emotiva e disposta a fazer o público chorar episódio após episódio. A história a família Pearson, que precisa enfrentar obstáculos cotidianos muito próximos da realidade de qualquer um, avança sempre com sensibilidade….