Crítica Santa Clarita Diet S2: nem tão morta

Já pensou em morder o seu dedo quando está com raiva e, ops, ele é arrancado sem querer? Isso é um dos problemas que podem ocorrer quando se é um zumbi. Sheila Hammond (Drew Barrymore) sabe bem disso. Para sua sorte, ela ao menos pode contar com a ajuda do marido Joel (Timothy Olyphant), da…

Crítica On My Block S1: a mesma história repaginada

Enquanto adolescentes mais velhos aproveitam a festa, Monse (Sierra Capri), Ruby (Jason Genao), Jamal (Brett Gray) e Cesar (Diego Tinoco) observam do outro lado do muro. Durante a conversa do grupo de amigos, um princípio de confusão ali perto resulta em tiros disparados – e os jovens correm tentando adivinhar, pelo som, qual o calibre…

Crítica Disjointed S1: deu ruim

Disjointed é uma daquelas comédias que, num primeiro momento, parecem ter todos os componentes de uma receita de sucesso. Foi criada por David Javerbaum, vencedor de inúmeros Emmys, e Chuck Lorre, mente por trás de The Big Bang Theory, Two and a Half Men e Mom, entre outros programas de sucesso. Além disso, a nova…

Crítica Mozart in the Jungle S4: amor e música

Música clássica é chata e feita por pessoas certinhas? Não mesmo. A New York Symphony, que está no centro das atenções da comédia Mozart in the Jungle, prova que não falta emoção, adrenalina, loucura. Sob a batuta do insensato maestro Rodrigo (Gael García Bernal), o grupo faz um esforço extra para entregar o melhor resultado…

Crítica The Good Place S2: paraíso narrativo

Deus, diabo, céu e inferno são criações humanas que movimentam o imaginário de bilhões de pessoas ao redor do mundo. Concepções presentes no nosso cotidiano, nada melhor do que adaptá-las de uma história de ficção para outra, subverter algumas regras, pregar truques no espectador e modelar um produto com ares menos antiquados. A comédia The…

Crítica One Day at a Time S2: palavras poderosas

Words can be very powerful, diz Penelope Alvarez (Justina Machado) durante uma das muitas discussões sobre diferentes preconceitos, na segunda temporada de One Day at a Time, comédia da Netflix criada por Gloria Calderon Kellett e Mike Royce. Com base em sitcom homônima exibida nas décadas de 1970 e 1980, o remake intercala magistralmente falas…

Crítica Grace and Frankie S4: sem o mesmo fôlego

Após manterem um relacionamento escondido durante vinte anos, Sol (Sam Waterston) e Robert (Martin Sheen) decidem contar para suas esposas que foram infiéis a elas e querem viver juntos. Ambas traídas, Grace (Jane Fonda) e Frankie (Lily Tomlin) unem-se mesmo que se odeiem. Do convívio tempestuoso nasce uma linda amizade. Se a primeira temporada de…

Artigo: SMILF é herege no ponto certo

Em dezembro do ano passado, após a primeira temporada de SMILF, comédia dramática criada e protagonizada por Frankie Shaw, receber duas indicações ao Globo de Ouro, o presidente da Liga Católica para Direitos Religiosos e Civis, Bill Donohue, disse em nota que a produção não merecia este reconhecimento, pois, entre outros argumentos utilizados por ele,…

Crítica Eastsiders S3: relações difíceis

As nuances do relacionamento de um casal gay estão no centro das atenções da comédia dramática Eastsiders, criada, escrita e protagonizada por Kit Williamson. Em sua terceira temporada, que tem seis episódios e foi disponibilizada recentemente pela Netflix, a produção aborda a rotina de Cal (Williamson) e Thom (Van Hansis), jovens perdidos profissionalmente e em…

Crítica The End of the F***ing World S1: uma história de amor atípica

James (Alex Lawther), de 17 anos, está convencido de que é psicopata. Com o intuito de cometer um homicídio, o jovem aceita sair com Alyssa (Jessica Barden), garota de mesma idade que enfrenta problemas familiares. A aproximação deles é o ponto de partida para uma aventura engraçada e sombria. Com base nos quadrinhos The End…

Especial: Troféu Temp 2017

O ano está acabando e é hora de escolher quais foram os grandes destaques de 2017. Entre séries, minisséries e telefilmes, muitas produções conquistaram nossos corações por diferentes motivos. Abaixo, uma lista com atrações e atores que se sobressaíram e merecem o Troféu Temp.   Melhor atração do ano: The Handmaid’s Tale Além de unir…

Crítica The Marvelous Mrs. Maisel S1: envolvente

Nova York, década de 1950. Após uma fracassada tentativa de ser comediante, Joel Maisel (Michael Zegen) conta para a esposa, Midge (Rachel Brosnahan), que está tendo um caso com a secretária e decide sair de casa. Frustrada com toda a situação, ela fica bêbada, vai até o bar e acaba subindo ao palco para desabafar…