Crítica Never Have I Ever S2: cruel

Uma das novas queridinhas da Netflix, a série Never Have I Ever voltou para sua segunda temporada após um bom primeiro ano. Criada por Lang Fisher e Mindy Kaling, a produção acompanha os dramas de Devi (Maitreyi Ramakrishnan), adolescente indiana que vive nos EUA e se recupera da dor da perda do pai. A atração…

Crítica Pose S3: um marco televisivo

Uma celebração à diversidade queer. Pose estreou quebrando barreiras ao trazer o maior elenco trans já visto em uma produção televisiva. As atrizes não apenas nos encantaram, mas ganharam ainda mais visibilidade a partir do segundo ano, quando Evan Peters, Kate Mara e James Van Der Beek saíram de cena para os holofotes se voltarem…

Crítica Love, Victor S2: melhor e mais complexa

Love, Victor, série teen criada por Isaac Aptaker e Elizabeth Berger, ambientada no mesmo universo do filme Love, Simon, está de volta – e em melhor forma na sua segunda temporada. A comédia dramática dá continuidade à história após Victor (Michael Cimino) revelar sua homossexualidade para os pais. Isabel Salazar (Ana Ortiz), a mãe, é…

Crítica Young Royals S1: drama gay imperdível

Na tentativa de tornar a vida do príncipe Wilhelm (Edvin Ryding) mais regrada, a família real sueca o envia para terminar os estudos em um prestigioso internato no interior do país. O adolescente vê sua vida virar de cabeça para baixo ao se apaixonar por Simon (Omar Rudberg), aluno não interno com bolsa de estudos,…

Crítica The Handmaid’s Tale S4: problemas visíveis

No ano de sua estreia, The Handmaid’s Tale, série criada por Bruce Miller a partir do livro homônimo de Margaret Atwood, teve grande impacto. Recebeu aclamação da crítica, que lhe entregou inúmeros prêmios, e do público, que a transformou na primeira produção de grande sucesso do serviço de streaming Hulu. As duas temporadas seguintes foram…

Crítica Hacks S1: o triunfo de Jean Smart

De um lado temos Deborah Vance (Jean Smart), comediante famosa prestes a completar 2,5 mil shows em sua residência em Las Vegas. Do outro, Ava (Hannah Einbinder), escritora de 25 anos que acabou de ser “cancelada” por causa de um tweet. A necessidade une as duas protagonistas de Hacks, comédia da HBO Max criada por…

Crítica The Flight Attendant S1: o protagonismo de Kaley

A comissária de bordo Cassie Bowden (Kaley Cuoco) é uma mulher independente que sofre com alcoolismo. Seu comportamento errático faz com que determinado dia acorde ao lado do cadáver de Alex Sokolov (Michiel Huisman) em um hotel em Bangkok. De ressaca e sem lembranças da noite passada, faz a mínima ideia do que aconteceu com…

Crítica Girls5eva S1: comédia empoeirada

Girls5eva, título da série e do grupo musical fictício sobre o qual a história é centrada, é uma comédia que tem em sua primeira temporada oito episódios de meia hora. No enredo, Dawn Solano (Sara Bareilles), Summer (Busy Philipps), Gloria (Paula Pell) e Wickie (Renée Elise Goldsberry) se reúnem cerca de duas décadas após o…

Crítica The Mandalorian S2: previsível

Primeira incursão do universo Star Wars no serviço de streaming Disney+, The Mandalorian, série criada por Jon Favreau, acompanha as aventuras de Din Djarin (Pedro Pascal) e Grogu – também conhecido como Baby Yoda –, criança conectada à Força e perseguida por Moff Gideon (Giancarlo Esposito). A produção foi um sucesso desde o seu lançamento….

Crítica Emily in Paris S1: boba, mas apreciável

Emily (Lily Collins) é uma norte-americana de Chicago que vai a Paris acompanhar os trabalhos de uma empresa francesa incorporada por aquela que ela representa. A sua perspectiva de marketing colide com a de seus novos colegas, que não recebem bem a estrangeira que nem ao menos sabe falar a língua do país para o…

Crítica Chilling Adventures of Sabrina S4: duplamente frustrante

Se ter uma Sabrina (Kiernan Shipka) é bom, duas é melhor, certo? Errado. Em sua quarta e última temporada na Netflix, a série Chilling Adventures of Sabrina mostrou-se uma verdadeira decepção. Após um primeiro ano promissor e segundo de tirar o fôlego, tivemos boa queda no terceiro e, agora, atingimos o fundo do poço. Pouco…

Crítica Bridgerton S1: linda e dispensável

De Ariana Grande a Billie Eilish, hits modernos transformados com toques clássicos. A trilha musical de Bridgerton, série de época criada por Chris Van Dusen a partir dos romances de Julia Quinn, melhor exemplifica o tom da produção. A era georgiana é trazida à tela em sua melhor forma, com uma direção de arte impecável,…